terça-feira, 24 de novembro de 2009

Noite de Giz

Brasília (DF)
24/11/2009


Beatrice Martins estréia número de trapézio baixo de um ponto, aparelho circense ainda pouco utilizado no Brasil
Foto: Débora Amorim
A Cia. Instrumento de Ver promove, no dia 15 de dezembro, às 20h, na Sala Plínio Marcos do Complexo Cultural da Funarte, a Noite de Giz, um Cabaré Circense com apresentação de três coreografias aéreas, do Rio de Janeiro e de Brasília. A entrada é gratuita.

O Evento celebrará a estreia da coreografia de trapézio baixo Beatriz, criada com o apoio financeiro do FAC (Fundo de Apoio a Cultura), da Secretaria de Estado de Cultura do DF, e o Prêmio Carequinha de Estímulo ao Circo 2009, da Funarte.

A artista brasiliense Beatrice Martins realiza uma coreografia em trapézio baixo de um ponto, um aparelho circense ainda pouco utilizado no Brasil, dirigida por Raquel Karro, ex-integrante da companhia canadense Cirque du Soleil, e trilha original de Luiz Oliviéri, músico promissor da cidade.

Além do Beatriz, a Noite de Giz apresenta a coreografia de corda indiana Caixa de Música, apresentada por Júlia Henning e Maíra Moraes, acrobatas da companhia brasiliense Instrumento de Ver. Espera é uma coreografia realizada nos tecidos com os artistas cariocas Raquel Karro e Guilherme Lazari, integrante da Intrépida Trupe (RJ).

A Noite de Giz é um evento financiado pelo Prêmio Areté Cultura Viva - eventos em Rede, do Ministério da Cultura, e marca um feliz intercâmbio entre as culturas circenses do Rio de Janeiro e do Distrito Federal.

--------------------------------------------------------------------------------

Beatrice Martins

Acrobata profissional, foi ginasta por 11 anos, representando o Brasil em diversos campeonatos internacionais nos anos de 1995 a 1997, incluindo os Mundiais do Japão (1995) e Porto Rico (1996), quando integrou a Seleção Brasileira de Ginástica Artística.

Em 2008, fez parte do elenco da Companhia Norte-americana UniverSoul Circus, onde apresentou seu número solo de lira e duo de tecido em turnê norte americana. Desde 2004, integra o casting de potenciais artistas da cia. canadense Cirque du Soleil.

Atualmente integra o elenco das companhias Nós No Bambu e Instrumento de Ver.

--------------------------------------------------------------------------------

Cia. Instrumento de Ver

A companhia é composta por Beatrice Martins, Júlia Henning e Maíra Moraes, artistas circenses especializadas em acrobacia aérea, formadas por diferentes instrutores e mestres. Trata-se de um núcleo de produção cultural, arte-educação, pesquisa e criação artística surgida em 2002. Realizou diversos eventos, oficinas e espetáculos circenses, atuando de forma ativa no cenário cultural da cidade. Participou dos principais eventos do DF como SESC FestClown, Planeta Circo, Festival Puro Ritmo, Festival Brasília de Cultura Popular, Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, entre outros.

De 2005 a 2007 integrou a coordenação do Movimento Rua do Circo, que tinha como nó o projeto social Rua do Circo, que beneficiava jovens moradores de rua. Iniciou a pesquisa de duos em acrobacia aérea em 2005 e desde então vêm firmando essa parceria de forma criativa. Atualmente está envolvida na coordenação e na parte artística dos projetos Circo-Lá e Parabolé, além desta Noite de Giz.

--------------------------------------------------------------------------------

Raquel Karro

Atriz e acrobata aérea profissional, formou-se na Escola Nacional de Circo e cursa Licenciatura em Dança na faculdade Angel Vianna. É atriz integrante do repertório da Armazém Companhia de Teatro, e foi responsável pela preparação corporal da Cia nos anos de 2004 à 2006.

Como acrobata aérea e bailarina, participou da criação e turnê norte americana do espetáculo ”Varekai” da companhia canadense Cirque du Soleil. Foi uma das oito artistas a terem sua experiência com a companhia registrada no documentário “Fire Within”, ou “Chama Interna”, veiculado internacionalmente, inclusive no canal People & Arts no Brasil e vencedor do Emmy Awards de melhor programa não ficcional da TV americana/ 2003.

Assessoria de Imprensa

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

ANKN - Espetáculo de Dança

ANKH
Local: Teatro Ulysses Guimarães - Unip (913 sul)
Data e horário: 22/11/2009 - 19:30h
Meia-entrada: R$20,00 (mediante carteira estudantil ou 01 quilo de alimento não-perecível)
Direção geral: Roberta Salgueiro
Direção cenográfica e iluminação: Laura Diniz
Realização: AYUNY Estúdio
Classificação etária: Livre.

A relação entre deuses e humanos, representada pelo ankh, símbolo egípcios da vida eterna, embala as coreografias e improvisações do espetáculo promovido pelo estúdio de dança AYUNY. Os mitos que permearam a vida social dos egípcios por milênios serão transpostos para o palco através da dança do ventre, que mostra sua versatilidade como linguagem cênica e coreográfica. Cada coreografia representa um aspecto de diferentes deuses.
No elenco, profissionais e estudantes, além da participação do músico egípcio Mahmoud el Masri, reconhecido virtuoso no derbake, o principal instrumento de percussão da música árabe.
Mais informações: 8508 7384 - www.ayuny.com.br

Oi PRORROGA INSCRIÇÕES PARA SEU PROGRAMA DE PATROCINIOS CULTURAIS INCENTIVADOS

O edital para seleção dos projetos estará disponível até 30 de novembro para todo o País

Brasília, 16 de novembro de 2009 – A Oi prorrogou para até o dia 30 de novembro as inscrições dos projetos culturais que concorrem a patrocínios da empresa no próximo ano. O Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados 2010 destinará recursos para o financiamento, total ou parcial, de projetos em todo o País aprovados em leis de incentivo à cultura. O objetivo da iniciativa é estimular a produção artística no País, valorizando a diversidade como elemento fundamental da identidade nacional. As inscrições para o processo de seleção estarão disponíveis por meio do site www.oifuturo.org.br ou www.oi.com.br. Artistas e produtores culturais podem concorrer com mais de um projeto.

Apoiado em conceitos como "acesso” e "inovação”, o programa incentiva iniciativas que valorizem talentos regionais e que possibilitem o intercâmbio de idéias e a convergência entre arte e tecnologia. Também são considerados como aspectos relevantes a capacidade de formação de novas platéias, a criação de novas oportunidades de trabalho e de formação de artistas.

Desde 2001, a Oi investiu cerca de R$ 222 milhões na cultura brasileira. Mais de 680 projetos em segmentos variados, como teatro, dança, festivais, artes visuais e cinema, já foram contemplados, atingindo um público estimado de 13 milhões de espectadores.

Seguindo o mesmo modelo das últimas edições, o Oi Futuro será responsável pela gestão do programa. As propostas serão avaliadas por comissões especializadas em cada uma das áreas culturais e o resultado será divulgado no site do Oi Futuro, em data a ser definida. Os projetos terão a confirmação do patrocínio condicionada à apresentação dos certificados válidos nas Leis de Incentivo à Cultura.

Em 2009, a Oi selecionou por meio do programa 132 projetos culturais, com investimento total de R$ 29,2 milhões, nos estados do Rio de Janeiro, Ceará, Bahia, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte e São Paulo. Entre as iniciativas selecionadas, há mostras de cinema e artes visuais, longas-metragens, obras de teatro, shows de música, festivais de dança, novas tecnologias, cultura popular, literatura e patrimônio. Os projetos selecionados na edição passada do programa concorreram com mais de 4,3 mil propostas inscritas dos diferentes estados da área de atuação da companhia.

Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados 2010
Inscrições: de 15 de outubro até 30 de novembro de 2009
www.oi.com.br ou www.oifuturo.org.br
Mais informações: faleconosco@oifuturo.org.br

Sobre o Oi Futuro
Presente em várias cidades do país, o Oi Futuro tem a missão de democratizar o acesso ao conhecimento para acelerar e promover o desenvolvimento humano. Os programas do instituto têm como foco principal a promoção de um futuro melhor para as crianças e jovens do Brasil, reduzindo distâncias geográficas e sociais. São mais de 3 milhões de jovens atendidos pelos programas Tonomundo, Oi Kabum! Escolas de Arte e Tecnologia, NAVE, Oi Conecta e Novos Brasis. Na área cultural, O Oi Futuro atua como gestor do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, mantém dois espaços culturais no Rio de Janeiro (RJ) e em Belo Horizonte (MG), além do Museu das Telecomunicações nas duas cidades. O Oi Futuro apoia ainda projetos aprovados pela Lei de Incentivo ao Esporte. Com isso, a Oi foi a primeira companhia de telecomunicações a apostar nos projetos sócio-educativos inseridos na nova Lei.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Comunicado - A Academia Estilo e Dança encerra suas atividades

A Academia Estilo e Dança encerra suas atividades

E o que a princípio parece uma notícia triste, na verdade é a consagração de um trabalho de sucesso.

A Academia Estilo e Dança foi um sonho realizado: um espaço de Dança para Todos!


A certeza de que trilhamos um caminho de sucesso está no registro de nossos trabalhos:
  • nos projetos sociais para jovens e para pessoas com deficiência, que ainda são referência inclusive internacionalmente;

  • no lançamento de grupos de dança das mais diversas estéticas;

  • na preparação de novos professores e empresários da dança;

  • nas viagens representando o Distrito Federal Brasil afora, e o Brasil na América do Sul e na Europa, como dançarinos ou palestrantes;

  • nas Maratonas e Festivais de Dança de relevância social;

  • nos patrocínios a apoios a eventos de real significância no Distrito Federal, e muito mais...

Estivemos em funcionamento por mais de 7 anos, de muita luta e dedicação.

Os empresários da dança, donos de academia, sabem do que estou falando. É um trabalho que exige que estejamos com a cabeça, corpo, alma e coração à frente de nossas empresas, e chegou minha hora de fazer escolhas... e eu escolho a DANÇA.

Estou representando a sociedade no cargo de Conselheiro de Cultura do Governo do Distrito Federal, na área de dança, entre outras atividades que agora me permitem ver que há um universo imenso a ser explorado e muito a ser feito, o que exige de mim isenção, dedicação e comprometimento totais.

É um trabalho que pode realmente fazer a diferença para todos nós da dança em um futuro bem próximo, com mobilização junto ao Fórum de Dança do DF, ao Fórum Nacional de Dança e à ANDANÇAS - Associação Nacional de Dança de Salão e no próprio Conselho de Cultura: A dança curso superior. A dança conquista de espaços. A dança escolas técnicas. A dança profissão reconhecida e regularizada... a dança.

São muitos ainda os sonhos a serem sonhados.

Para isso, a empresa Estilo e Dança deixa de existir, mas a marca, o sentimento e o resultado das sementes plantadas vão estar sempre conosco.

O momento agora é de seguir em frente trabalhando, mas não sem antes agradecer.

Quero agradecer com sinceridade a todos que algum dia vestiram uma camiseta com a marca do sapatinho vermelho e do chapéu preto, que passaram um dia para dançar conosco e nos prestigiar nos bailes, maratonas, aulões e festivais, que utilizaram nosso espaço para ensaiar seus grupos... que descobriram ou redescobriram a dança conosco.

Obrigado aos profissionais e academias parceiras que sempre nos trataram de forma ética e respeitosa, mostrando que juntos podemos sempre mais.

Obrigado em especial aos bolsistas, monitores, instrutores e professores da Estilo e Dança por fazerem valer a pena todo o trabalho e dedicação que eu e minha família dispensamos ao nosso sonho, que passou a ser de muitos e que ainda vai permear nossas vidas por um longo tempo.

Continuo na luta pelas coisas nas quais sempre acreditei e nas que vocês me permitiram acreditar.

Forte abraço, a todas e a todos,

João Carlos Corrêa e família ...

...e a propósito, Quer Dançar?

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Unesco declara tango Patrimônio Cultural da Humanidade

CorreioWeb
01/10/2009

O tango é o mais novo Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (30/9), pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. A candidatura do tango (música e baile) para ser considerado um bem cultural foi apresentada, conjuntamente, em novembro de 2008, pelos governos de Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai.

“Essa é uma homenagem a todos os que sustentaram o tango durante muito tempo. Uma homenagem àqueles que mantiveram a tradição, transmitindo a poesia e a dança de geração para geração”, comemorou Hernán Lombardi, secretário de Cultura de Buenos Aires (Argentina). O diretor de Promoção Cultural de Montevidéu (Uruguai), Eduardo Duter também festejou a decisão. “Esse anúncio é fruto de um trabalho intenso e é um compromisso de ambos governos para proteger o tango e realizar projetos em comum”, disse. No passado, habitantes das duas cidades costumavam discutir onde, de fato, esta arte tinha nascido, se na capital argentina ou uruguaia.

Tango japonês
Recentemente, no Campeonato Mundial de Tango realizado em Buenos Aires, um casal de japoneses que aprendeu a dança no Japão venceu a disputa na categoria “dança de salão”. Para as autoridades argentinas, essa foi a confirmação de que o tango já atravessou “há muito tempo” as fronteiras de Buenos Aires e Montevidéu.

Prostíbulos
Segundo historiadores argentinos, o dois por quatro (outra forma de chamar o tango) nasceu nos prostíbulos, durante a imigração europeia no início do século 20. Desde então, o ritmo é identificado como bem cultural das cidades do Rio da Prata, que banha o Uruguai e a Argentina. As letras do tango, afirmam os especialistas, sugerem melancolia porque demonstram a solidão dos que saíram de países europeus para uma terra desconhecida.

Com informações da BBC Brasil

http://www.dzai.com.br//correioweb2/noticia/montanoticia?tv_ntc_id=26167

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

MILONGAS BRASILIENSES

Correio Braziliense
01/08/2009

Quer dançar tango? Brasília já tem um baile por semana do mais famoso ritmo portenho

Cibelle Colmanetti
O abraço é cerrado. A música começa e logo pernas e pés se entrelaçam quase incompreensivelmente em giros, caminhadas, cortes, ganchos. O tango arregimenta apaixonados não apenas em Buenos Aires, Argentina. Em Brasília, o mais famoso ritmo portenho ganha espaço, ou melhor, espaços. Já existem na cidade quatro bailes por mês, um por semana, para quem deseja se aventurar ou se aprimorar no baile.

A cena tangueira na capital ainda está bastante circunscrita às academias de dança de salão. Nem por isso é antidemocrática. A confraria recebe adeptos das mais variadas idades, que começam como alunos e se tornam autênticos milongueiros. No último mês, até um restaurante abriu o salão para dançarinos e ouvintes da música, do tradicional Gardel aos expoentes da fusão com o eletrônico, como os grupos Gothan Project e Bajofondo.

As milongas, assim chamados os bailes onde tocam-se o tango (mais lento) e a milonga propriamente dita (mais rápida), ainda atraem os corajosos — em geral, professores e pupilos aplicados. Os tímidos, no entanto, podem encontrar na pista um palco discreto para dançar com desconhecidos e uma oportunidade para admirar o desenho dos passos e as imponentes coreografias ou improvisações dos mais experientes. “Um bom milongueiro tem horas e horas de observação”, atesta Cléa de Paula, organizadora do baile mais antigo de Brasília, realizado desde 2006. Antes conhecida como baile da Cléa, a milonga A media luz acontece sempre no último domingo do mês, na Academia de Dança Marcelo Amorim, na 710 Norte.

Por quase um ano e meio, A media luz reinou absoluta em terras brasilienses. Um encontro mensal, no entanto, era pouco. Surgiria, em princípios de 2008, a milonga Entre sueños, promovida no segundo domingo de cada mês por Oscar Ricarte, no Núcleo de Dança do Cresça, na 703/903 Sul. Atraído pelo tango há uma década, quando a mãe começou a ter lições, o professor de 24 anos garante que o público tem crescido. “O interesse das pessoas vem aumentando, elas veem que se trata de uma dança diferente das outras, mais clássica. Muitas descobrem isso no salão, que é onde se dança o verdadeiro tango”, comenta. Na última Entre sueños, em 12 de julho, cerca de 50 pessoas prestigiaram a festa, enchendo a sala espelhada da academia. Ao contrário das pistas de outros ritmos, não há tanta discrepância entre o número de dançarinas e o de dançarinos. Na maioria das vezes, haverá cavalheiros dispostos a tirar as damas para bailar.

Etiqueta
Exige-se etiqueta no bailado. Quatro a cinco músicas tocam em sequência — trata-se da tanda. O mesmo casal deve dançar todas. A interrupção se dá com uma canção de outro gênero, como forró ou samba, que pode ser completa ou não. Nesse intervalo batizado de cortina, novos casais se formam e a ronda se reorganiza. No salão, as duplas têm de seguir o fluxo (eis a ronda), movimentando-se em sentido anti-horário.

Os grandes incentivadores da multiplicação das milongas são os próprios produtores. “Tentamos sempre ir aos bailes uns dos outros, afinal é só um por semana. Também há alguns alunos que frequentam todos os eventos e, assim, vão aprendendo mais”, explica Flávia Valente, carioca que trocou os tablados do Rio pelos de Brasília há um ano e meio. A professora, graduada em licenciatura em dança, trabalha com tango há 14 anos. Ela e João Corrêa, sócios na Academia Estilo e Dança, na 712 Norte, organizam o Bailongo da Estilo no terceiro domingo do mês. O evento conta com um detalhe argentiníssimo — vendem-se empanadas (uma espécie de pastel assado). No panfleto da academia sobre o ritmo, um recado a quem teme se arriscar: “Vergonha é algo que deve ficar em casa”.

Boemia
Só faltava mesmo um autêntico argentino para completar o circuito. Ele não só apareceu, como decidiu mexer com a rotina da dança na capital. Guilhermo Abraham optou pelos ares candangos no ano passado, formando parceria com Ana Szerman. Os dois inauguraram em julho a Noites de tango, a única milonga aos sábados (sempre o primeiro do mês, ou seja, hoje) e fora de uma academia, no restaurante Cassimiro (302 Norte). “O tango faz parte de uma cultura boêmia que combina com o sábado. Por isso, não definimos horário para encerrar o baile: a dança acabará quando o último milongueiro deixar o salão”, diz Abraham. Ele e Ana também dão aulas e lançaram um projeto, patrocinado pelo GDF, de ensinar o ritmo em escolas públicas. Em agosto, o Tango para todos passará por colégios do Paranoá e do Lago Sul.

Agora, com o calendário em dia, basta arrumar a produção para as noites de gala. “Faço questão de chamar para dançar aquelas colegas que aparecem no baile pela primeira vez. Essa integração cria um clima fraterno entre os milongueiros da cidade, pois o que se preza é a dança”, explica o uruguaio Júlio Ayala, 48 anos, 30 de Brasil, 16 de Brasília. Aliás, Júlio considera injusta a fama exclusivamente argentina do tango. “Tinha tango na minha mamadeira”, brinca o empresário, que mesmo com música e passos na veia, faz aulas há cinco anos. Ele, a mulher e até a filha, de 10 anos, são assíduos nas milongas.

Outra adepta da dança há pelo menos seis anos é a psicóloga Sueli Amorim, que, em um vestido branco no último domingo, deslizava abraçada ao cavalheiro nas tantas músicas que dançou. Ela explica: “No tango, a música tem sua importância, mas o abraço é fundamental. É ele que modula a sintonia do par”. Então, que o abraço seja seguro, porém terno, e que siga el baile, como diriam os portenhos.

» Programe-se

- De 16 a 18 de outubro, será realizado o 1º Festival de Tango de Brasília. Haverá aulas com professores de dança do Brasil e do exterior, além de três bailes, o último dos quais no Clube do Exército. Nos três eventos, estão programadas apresentações dos mestres.
As inscrições estão abertas para todos os níveis e os 50 primeiros pacotes vendidos custarão R$ 150 cada um. Informações: www.festivaldetangobsb.com.br


» Homenagem

O evento começou no salão de festas do prédio onde Cléa morava e migrou para uma academia ao ganhar popularidade. A milonga sempre contou com a coprodução de Giovani Fabiano de Almeida, um dos primeiros disseminadores da cultura tangueira em Brasília. Giovani morreu neste ano e foi homenageado no Dia do Tango (8 de junho).

» Para saber mais Da Argentina para o mundo

O tango nasceu em fins do século 19 como um amálgama de batuques dos negros e de ritmos dos imigrantes e dos crioulos descendentes dos primeiros colonizadores. As teorias são muitas, algumas controversas, mas estudiosos tendem a concordar que as palavras tango e milonga têm origem africana — a primeira seria usada tanto para designar o espaço dentro de casa onde se podia dançar, as próprias danças africanas e até o tocar de um instrumento. A etimologia da segunda pode significar tanto baderna e confusão como um feitiço de amor, o milongo. Enfim, em castelhano, o termo milonga começou a indicar os locais onde negros e mestiços se reuniam para dançar.

O tango surgiria em meio a comunidades mais pobres, nos subúrbios perto do porto de Buenos Aires, na Argentina. Inicialmente, em público, homens dançavam com homens — contam alguns estudiosos que, à época, considerava-se indecente um homem e uma mulher dançarem juntos. Segundo outros leitores do assunto, porém, isso se devia ao fato de a população feminina ser pequena em uma região com intensa imigração de trabalhadores. Assim, era nos bordéis que se concentrava o baile de mulheres com homens — nessas casas, aliás, os passos e a música foram descobertos pelas classes mais prósperas.

No início do século 20, a música e a dança chegaram a Paris, na França, causando tremendo sucesso. De 1913 em diante, o tango tomou o mundo, encantado com o ritmo vindo da então rica e glamurosa Argentina, forte parceira de uma Inglaterra ainda imponente. Essa popularidade mudou as letras da música, antes mais lascivas. Nascia assim, já na transição dos anos 20 aos 30, o tango-canção, mais romântico, embora conservando um quê de lamento. Os cantores ganharam fama. O principal deles é quase um clichê, de tão conhecido: Carlos Gardel, morto aos 45 anos em desastre de avião em 1935.

Mas o auge ainda estava por vir — os anos de ouro do tango (com sua riqueza de variedades da dança) são os das décadas de 1940 e 1950. Destacam-se, nesse período, duas orquestras: a de Carlos Di Sarli, conhecido por um estilo mais lento e elegante, e a de Osvaldo Pugliese, sinônimo de inovação e habilidade em atrair os pares para o salão.


» Onde dançar tango

Primeiro sábado do mês (hoje)
Milonga Noites de tango
Local: Restaurante Cassimiro, na 302 Norte, Bloco D, lojas 3 a 53, Subsolo
Horário: das 21h até o último tangueiro
Entrada: R$ 10
Informações:
9272-2825 (Ana)

Segundo domingo do mês
Milonga Entre sueños
Local: Núcleo de Dança do Cresça, na 703/903 Sul (entrada lateral)
Horário: das 19h às 11h
Entrada: R$ 10
Informações:
8489-4872 (Oscar)

Terceiro domingo do mês
Bailongo da Estilo
Local: Academia Estilo e Dança, na W3 Norte, Quadra 712, Bloco C, Sobreloja 32
Horário: das 19h às 23h
Entrada: R$ 10 (até
20h, R$ 7)
Informações: 3273-2023

Último domingo do mês
Milonga A media luz
(Baile da Cléa)
Local: Companhia de Dança Marcelo Amorim (CDMA), na 710 Norte, Bloco A, sobreloja
Horário: das 19h às 23h
Entrada: R$ 10
Informações: 3274-9261


» Onde aprender tango

Academia Estilo e Dança
W3 Norte, Quadra 712, Bloco C, Sobreloja 32
Informações: 3273-2023
www.estiloedanca.com.br

Companhia de Dança Marcelo Amorim
710 Norte, Bloco A, Sobreloja
Informações: 3274-9261

Casa da Dança
707 Norte, Bloco B, Casa 44
Informações: 3349-9908
Dança de Salão Paulo Pivetta
Escola de Parque da 303/304 Norte
Informações: 3245-1797

Centro de Danca Alex Gomes
W3 Norte, Entrequadra 708/709, Bloco F, Loja 1/3, Asa Norte
Informações: 3272-7072

Estúdio de Dança Emmanuel Sócrates
506 Norte, Bloco D, Sala 220, Asa Norte
Informações: 3273-0633

Núcleo de Dança do Cresça
Colégio Cresça, na 703/903 Sul, ao lado da UniDF, Asa Sul
Informações: 8489-4872

Estúdio de Danca By Cia
Entrequadra 712/912 Sul, no Clube dos Previdenciários, Asa Sul
Informações: 3345-6924

Academia de Dança Arthur Murray
QI 15 Bloco G, comércio local, sobreloja, Lago Sul
Informações: 3248-6814

Dança Comigo
CLSW 302, Bloco B, Subsolo, Edifício Parque Center, Sudoeste
Informações: 3344-9636

Escola de Dança Corpos em Par
CNB 4, Lote 10, 2º andar, Taguatinga Norte
Informações: 3563-1260

=========

Comentário:
Autor: Juliana Dias
Existe também a Academia Dance & Cia - By Roberto Dias Localizada a SGAS Qd. 609/610 dentro do Clube ASA/CD. O professor Roberto Dias foi o segundo colocado no campeonato de Tango de Brasília. Mais informações no site www.dancecia.com.br

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Baile de Tango

divulgação

Os sucessos de Zeca Baleiro

Tribuna do Brasil (DF)
31/07/2009

Divulgação
Músico faz apresentação única amanhã no Centro de Convenções

Zeca Baleiro é uma unanimidade no meio musical, sucesso de público, crítica e simpatia. O maranhense estará em Brasília, amanhã, no Centro de Convenções, para mais um momento de pura poesia e interação com o público brasiliense. Batizado de “O Coração do Homem-Bomba”, o show será uma retrospectiva da carreira de Zeca onde suas canções são valorizadas em arranjos contagiantes.

Acompanhado de seu violão, de Tuco Marcondes (guitarras, violões e vocais), Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados e acordeom) e Kuki Stolarski (bateria e percussão), Baleiro garante boas surpresas ao longo do show.

O repertório inclui criativas releituras de canções já consagradas pelo público como: Salão de Beleza (ZB), Babylon (ZB), Telegrama (ZB) e Quase Nada (ZB e Alice Ruiz); e composições de seu mais recente cd, “O Coração do Homem-Bomba”, como: Você Não Liga Pra Mim (ZB), Você é Má (ZB/Joãozinho Gomes), Vai De Madureira (ZB), Ela Falou Malandro (ZB/Zé Geraldo) e Débora (ZB), entre outras.

“O Coração do Homem-Bomba”, mais recente projeto de Zeca Baleiro, foi lançado em dois momentos – o Volume 1 saiu em agosto e o 2 chegou nas lojas em novembro de 2008.

Menestrel Maranhense
Com 5 discos de ouro, 3 prêmios “Sharp” em 98, três indicações para o Grammy Latino e “Melhor Cantor” eleito pela APCA, Zeca Baleiro, em onze anos de carreira fonográfica, fez 850 shows que somados ultrapassam a marca de 1 milhão de pessoas que já o assistiram e cerca de 700mil cds e 30.000 DVDs vendidos.

O primeiro cd, “Por Onde Andará Stephen Fry?”, lançado em 97, ganhou impulso após a participação de Zeca no Acústico MTV da conhecida cantora Gal Costa. Compositor talentoso, de personalidade, vozeirão, humor e verve afiados, desde então o artista encanta as plateias onde quer que se apresente, conquistando público de todas as idades.

"Vô Imbolá", de 99, veio consolidar o nome do cantor. Com figurino marcante, tornou-se o cd mais emblemático de Zeca que sintetiza a proposta de mistura de estilos e a ausência de rótulos pré-definidos. Em "Líricas”, terceiro cd, Baleiro radicalizou na mudança de sonoridade e na concepção mais sóbria do show. A temporada trouxe ainda como novidade a exibição de videoclipe no cinema, antes das sessões, no Espaço Unibanco de Cinema.

Considerado pela crítica como o seu melhor disco, lançado em 2002, “PetShopMundoCão” utiliza linguagem eletrônica e traz participações de artistas como o soulman Carlos Dafé , o mutante Arnaldo Batista e Elba Ramalho, entre outros.

Em 2003, Baleiro gravou em parceria com o compositor cearense, uma de suas muitas influências, o cd Raimundo Fagner & Zeca Baleiro. Mostrado em curta temporada por capitais brasileiras, o show foi registrado em DVD pelo Multishow durante temporada no Canecão, Rio de Janeiro.

”Baladas do Asfalto e Outros Blues”, quinto álbum solo, de 2005, traz um Zeca Baleiro maduro e com total domínio de seu ofício, melodias certeiras, arranjos elaborados e poesia em alta voltagem, tudo com leve toque on the road. Depois de passar por várias cidades o show ganhou registro em DVD.

entrevista

Antes de subir no palco do Centro de Convenções, Zeca Baleiro concedeu essa entrevista a reportagem do jornal Tribuna do Brasil.

Você é um artista bem versátil: compõe, canta e produz. Seria esse o segredo do seu sucesso?
Não sei se o sucesso tem segredo, mas se tiver, deve ser trabalho. E eu trabalho muito (risos).

Qual o peso das parcerias no seu trabalho? O que você ganha e oferece com isso?
Ganho a colaboração de artistas que admiro, compositores e letristas. E ofereço diversidade, outras formas de fazer música, de pensar a música popular. Acho divertido e desafiador.

Seu selo “Saravá Discos” propõem um resgate da música brasileira. Quem já faz parte dessa documentação e quais artistas você ainda gostaria de ter no selo?
Os sambistas maranhenses Antonio Vieira e Lopes Bogéa, o cearense Tiago Araripe, o capixaba Sérgio Sampaio, a poeta Hilda Hilst. Quero gravar os velhos sambistas do Maranhão, alguns dos quais nunca gravaram na vida.

Coração do Homem-Bomba é um trabalho para ver, ouvir ou dançar? Do que fala o cd?
Ouvir, dançar e refletir um pouco, por que não? Fala destes nossos tempos, a dificuldade de comunicação entre as pessoas, o cinismo da publicidade, a falta de esperança...

O que você espera do show aqui na cidade?
O de sempre, muito calor e a vibração especial do público brasiliense.


Show Zeca Baleiro

Amanhã, dia 01 de agosto, às 21h
Centro de Convenções Ulysses
Guimarães - Auditório Master
SDC Setor de Divulgação Cultural, Eixo Monumental
Ingressos a partir de R$ 40
Ponto de Venda: CVC Pátio Brasil
Classificação 14 anos
*Acesso para deficientes em
cadeira de rodas.

Fonte : Tribuna do Brasil
Data : 31 de julho de 2009

Consuelo de Paula faz show no Auditório da Eletronorte

Correio Braziliense
31/07/2009

Consuelo de Paula é a atração desta sexta-feirar do projeto Viva a Arte.
Às 13h, no Auditório da Eletronorte (SCN, Q. 6, 1º subsolo do Shopping ID), a cantora mineira interpretará músicas de seus três CDs, Samba, seresta e baião (1998), Tambor e flor (2002) e Dança das rosas (2004), e de nomes conhecidos da MPB, como O que será (À flor da pele), de Chico Buarque, e Insensatez, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

"O repertório inclui canções inéditas dos próximos álbuns, Casa, Negra e O tempo e o branco, este inspirado no universo poético da escritora Cecília Meirelles", adianta Consuelo, que contará com a participação do músico brasiliense Luiz Theodoro.

A entrada é franca e a classificação indicativa livre.
Informações: 3226-7036 e 9994-7213.

Arlindo Cruz volta à cidade para lançar o CD Ao vivo MTV na AABB

Correio Braziliense
» Irlam Rocha Lima
31/07/2009

Foto: Jair Bertolucci/TV Cultura
O sambista soma quatro CDs gravados: agenda superlotadaAos 50 anos de idade e 30 de música, Arlindo Cruz vive o melhor momento da carreira. Para isso, contribuiu seu mais recente trabalho fonográfico, Ao vivo MTV, DVD e CD duplo, que o fizeram ser “descoberto” pelo segmento mais jovem do grande público. Gente que vem formando plateias expressivas nas apresentações do sambista, nos quatro cantos do país.

Nesta sexta-feira (31/07), de volta à capital, onde esteve em novembro, o cantor lança o Ao Vivo, em show na AABB, que será aberto pelo grupo Clima de Montanha. “Acompanhado por minha banda, tenho mostrado em meus shows, basicamente, músicas que fazem parte do roteiro do DVD, algumas inéditas e outras já bem conhecidas do público.” Arlindo cita O show tem que continuar, Bagaço da laranja, Camarão que dorme a onda leva, Samba do arerê, Madureira, Bom aprendiz, Não dá e Vê se não demora.

Discípulo do mestre Candeia, Arlindo, ainda garoto, teve iniciação profissional nas rodas de samba e de partido alto do bloco Cacique de Ramos, no subúrbio do Rio de Janeiro, no final da década de 1970. Logo depois passou a integrar o Fundo de Quintal, sempre referência quando o assunto é samba de raiz.

No grupo premiadíssimo, ficou durante 11 anos, e ao sair, juntou-se a Sombrinha. À época, músicas de sua autoria eram cantadas por Alcione e pela “madrinha” Beth Carvalho: “O estouro veio com Camarão que dorme a onda leva, gravado por Beth e Zeca Pagodinho, que, desde então, não mais deixaram de incluir composições minhas em seus discos”, conta.

Em carreira solo desde 2001— gravou quatro CDs e um DVD —, tem sido requisitadíssimo por cantores de diferentes gerações, que querem músicas do compositor e seus trabalhos. Com agenda superlotada de compromissos, Arlindo não para nem mesmo nas segundas-feiras, quando comanda concorrido pagode na Barra da Tijuca.

Serviço

Fagner lança novo disco com parceiros distintos e mostra maturidade

Correio Braziliense (DF)
Rosualdo Rodrigues
Publicação: 30/07/2009

Novo disco de Fagner, produzido pelo cantor e por Clemente Magalhães. Lançamento Som Livre, 10 faixas.
Fagner completa 60 anos em outubro, mas a data não tem para ele nenhum peso. Contar o tempo está longe de ser uma de suas atuais preocupações. "Só lamento perder qualquer chance de jogar na Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo. Mas não tem problema. Não vou à Copa, mas vou ao copo", brinca o cantor e compositor cearense, notório fã de futebol e assíduo praticante de uma pelada. Agora, falando sério: "Trabalho muito, aproveito a vida, jogo meu futebol, meu tênis...Não tenho tempo para me preocupar com a idade", afirma, revelando uma serenidade que reflete em seu novo disco, Uma canção no rádio.

"No anterior, Fortaleza, eu estava passando por muitos problemas, então não foi um disco pra cima. Fazia uns seis anos que não eu me empolgava tanto com um trabalho", admite ele, que dirigiu e, junto com Clemente Magalhães, coproduziu o álbum. "O que torna esse disco especial são os novos compositores que gravei, as novas parcerias, o encontro com parceiros com quem venho trabalhando já há algum tempo", enumera.

Quando fala de novos compositores, Fagner se refere especialmente a Oliveira do Ceará, de quem gravou Regra de amor, Amor infinito e Martelo. Oliveira, que tem cerca de 50 anos, é servente de universidade em Fortaleza. "Ele já vinha atrás de me conhecer, mas não acontecia. Então um amigo fez uma festa e o levou para cantar. Cada música! E nunca tinha sido gravado", lembra. Outro novato é Domer, como é chamado o maranhense Domervil, de quem Fagner gravou Certeza, em 2001. Desta vez, o cantor escolheu a romântica Sonetos.

"Sempre gostei de descobrir músicas novas. É bom diversificar, gravar um pouco de tudo, porque o disco não fica somente em cima do que você pensa", afirma. A lógica não vale só para o intérprete. O Fagner compositor também foi em busca de ideias que se aproximassem das suas. Nessa busca, encontrou Chico César e daí surgiu Farinha comer, composta a distância. "Mandei a música para o Chico em um dia e no outro ele já me devolveu com uma letra maravilhosa", conta Fagner, impressionado com a rapidez do colega paraibano.

Quem sabe não seja o início de uma parceria tão produtiva quanto têm sido as que o cearense mantém com Zeca Baleiro e Fausto Nilo, também presentes no disco (com Uma canção no rádio e A voz do silêncio, respectivamente)? "Sempre que a gente começa, a intenção é continuar. E o primeiro pontapé nos motiva. Eu e Chico nos encontramos pouco, mas já temos outra música nova", diz.

Já Gabriel, o Pensador, além de fazer participação especial no disco, entrou como parceiro, mas não de Fagner, e sim de Oliveira do Ceará e Adamor, autores de Martelo, sobre a qual ele criou um rap. A ideia foi do dono do disco, que achou que tinha tudo a ver com o rapper a denúncia social presente na letra. Fez a ponte. "Eles são parceiros e nem se conhecem, observa Fagner, que, embora feliz com o resultado, admite que Uma canção no rádio não está rodando agora em seu CD player. "Eu me envolvo demais. Depois que acaba, abandono. É muito difícil ouvir de novo", conta. Mesmo assim, sabe enumerar, em sua extensa discografia, os trabalhos pelos quais tem predileção: "Gosto do primeiro, Manera Fru Fru, do Orós, Ave Noturna, Traduzir-se... O que gravei com Luiz Gonzaga foi marcante, o que fiz com o Zeca (Baleiro)...".


Crítica// ***
Estilo maturado


Para quem surgiu no cenário musical com um perfil de "alternativo" ou de voz dissonante, Fagner cometeu pecado grave diante da crítica quando tomou caminho mais popular e romântico. Mas o tempo passado dá a entender que a mudança de rumo do artista tem mais a ver com vontade pessoal do que com concessão. Afinal, não se pode reclamar de Fagner coerência e determinação em seguir adiante. E Uma canção no rádio, embora não seja "o" disco, é um sinal da maturidade das escolhas do cantor e compositor, uma síntese bastante harmônica do que ele vem fazendo ao longo da carreira. Em (apenas) 10 boas composições, combina romantismo (Muito amor, Regra do amor, Uma canção no rádio), nordestinidade (Me dá seu coração, Flor do mamulengo) e olhar crítico sobre a realidade (Martelo, Farinha comer) com sobriedade e um apuro de produção que deixa transparecer o exigente olho do dono em todas as etapas de sua feitura. (RR)

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Oficinas gratuitas na 508 Sul

Do Site da Secretaria de Cultura do DF
30/07/2009

Até o dia 3 de agosto, o Espaço Cultural Renato Russo – 508 Sul está com inscrições abertas para oficinas que serão realizadas neste semestre. Os cursos serão ministrados por professores do espaço, direcionados a jovens a partir de 14 anos e as matrículas devem ser realizadas na secretaria de cursos, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Confira o cronograma das oficinas:

Oficina de Cerâmica - Ministrada pelo professor Nicodemos, a oficina propõe ao aluno a confecção de pequenos objetos de cerâmica. Haverá oficina iniciante e intermediária e ambas acontecerão no Galpão das Artes – Ala 5.
Turma A - De 3/8 a 5/10, às segundas-feiras, das 15h às 17h30. Há 10 vagas.
Turma B - De 3/8 a 5/10, às segundas-feiras, das 18h às 20h30. Há 30 vagas.

Oficina de Iniciação e Desenvolvimento da Linguagem Plástica - Será ministrada pelo professor Delei e acontecerá realizada no Galpão das Artes – Ala 6.
Turma A - De 4/8 a 17/12, às terças e quintas-feiras, das 9h às 12h. Há 20 vagas.
Turma B - De 4/8 a 17/12, às terças e quintas-feiras, das 19h às 21h30. Há 20 vagas.

Oficina Histo é Arte – Ministrada pelo professor Delei, a oficina é uma introdução à História da Arte Contemporânea; trabalho de experimentação com materiais reaproveitáveis e criação individual. As aulas serão ministradas no Galpão das Artes – Ala 6.
Turma A - De 5/8 a 18/12, às quartas e sextas-feiras, das 9h às 12h. Há 20 vagas.
Turma B - De 5/8 a 18/12, às quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h. Há 20 vagas.

Oficina Arte na Rua- Ministrada pelo professor Delei, a oficina é uma introdução à História da Arte Contemporânea brasileira e universal. Intervenção urbana com pinturas em muros e espaços da cidade. As aulas serão ministradas no Galpão das Artes – Ala 6, de 1º/8 a 19/12, aos sábados, das 9h às 13h. Há 30 vagas.

Oficina Teatrando Montagem – Oficina centrada na experimentação da linguagem teatral e na formação do ator, com processo de composição coletivo. As aulas serão ministradas às terças, quintas e sextas-feiras, das 8h às 13h até o dia 22/12. O processo seletivo ocorrerá nos dias 4, 6 e 7 de agosto, na sala Multiuso, das 9h às 13.

Oficina Introdução à Pintura – Ministrada pela professora Christina Meirelles, a oficina propõe ao aluno o conhecimento e a experimentação de diversas técnicas em pintura, com o objetivo de desenvolver a criatividade e a percepção visual. As aulas acontecerão no Galpão das Artes – Ala 4.
Turma A - De 3/8 a 16/11, às segundas-feiras, das 14h às 16h. Há 15 vagas.
Turma B - De 6/8 a 19/11, às quintas-feiras, das 8h às 12h. Há 15 vagas.

Oficina Introdução ao Desenho – Ministrada pela professora Christina Meirelles, a oficina propõe ao aluno o conhecimento e a experimentação de diversas técnicas do desenho, com o objetivo de desenvolver a criatividade e a percepção visual. As aulas acontecerão no Galpão das Artes – Ala 4.
Turma A - De 3/8 a 16/11, às segundas-feiras, das 16h às 18h. Há 15 vagas.
Turma B - De 6/8 a 19/11, às quintas-feiras, das 8h às 12h. Há 15 vagas.

Oficina Estamparia em Camiseta – Ministrada pelo professor Sylvio Carneiro, a oficina pretende iniciar o aluno no universo das artes gráficas através da pintura em camisetas. As aulas acontecerão no Galpão das Artes – Ala 3 e público a partir de 16 anos.
Turma A - De 3/8 a 23/11, às segundas-feiras, das 9h às 12h. Há 20 vagas.
Turma B - De 4/8 a 24/11, às terças-feiras, das 9h às 12h. Há 20 vagas.
Turma C - De 6/8 a 26/11, às quintas-feiras, das 14h às 18h. Há 20 vagas.

Oficina Introdução ao Desenho – Ministrada pela professora Christina Meirelles, a oficina propõe ao aluno o conhecimento e a experimentação de diversos materiais que podem ser utilizados para a realização da obra de arte. As aulas acontecerão no Galpão das Artes – Ala 4.
Turma A - De 4/8 a 17/11, às terças-feiras, das 14h às 18h. Há 15 vagas.
Turma B - De 5/8 a 18/11, às quartas-feiras, das 8h às 12h. Há 15 vagas.

PROGRAME-SE: Inscrições abertas para ‘Oficinas do Espaço Cultural da 508 Sul’. Inscrições na Secretaria de Cursos, na 508 Sul, no período de 28 de julho a 3 de agosto, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Telefone 3244-0411.

Cultura nas Cidades no Gama

Do Site da Secretaria de Cultura do DF
30/07/2009

No próximo domingo (2), será a vez da comunidade do Gama receber o projeto ‘Cultura nas Cidades’. A partir das 9 horas a gerência de Bibliotecas dará início as atividades no estacionamento do estádio Bezerrão. A noite, para encerrar a festa, shows com artistas locais, Mitie do Brasil e Beto Barbosa.

O ‘Cultura nas Cidades’ é uma realização de Secretaria de Cultura e desde maio já passou por nove cidades, reunindo mais de 70 atrações e 500 artistas. O evento abre as comemorações do cinqüentenário da capital, privilegiando o melhor da cultura produzida no Distrito Federal.

Na parte da manhã a animação fica por conta da Mala do Livro, Teatro de Bonecos, Varal Literário e Rodas de Leitura. A tarde, o palco é aberto aos artistas da cidade, uma oportunidade de mostrar um pouco mais de seus trabalhos. Outra atração será o artista Agnaldo Algodão com o ‘Teatro de Mamulengos’ A partir das 18 horas, o palco será tomado por artistas da cidade e mais de cinco horas de muita música.

PROGRAMAÇÃO

A partir das 9 horas:
Tenda da Mala do Livro:
Roda de Leitura
Teatro de Bonecos
Varal Literário

Às 16 horas:
Teatro de Mamulengos com Agnaldo Algodão
Às 17 horas:
PALCO LIVRE – artistas locais

A partir das 18horas:
Banda Bruto (Rock)
Bonde Tezão (Funk)
Marcelo Paiva & Santiago
Mitie do Brasil
Beto Barbosa

Roteiro - Cinema em Cartaz

Fonte - Tribuna do Brasil (DF)
30/07/2009

Almoço em agosto
(Pranzo di ferragosto, Itália, 2008)
Homem de meia-idade aceita hospedar várias mães durante o feriado de 15 de agosto em troca do perdão de dívidas. Diretor: Gianni di Gregório. Gênero: Drama. Duração: 75 minutos. Elenco: Gianni di Gregorio, Valeria De Franciscis e Marina Cacciotti.
Academia de Tênis 3 - 21:40. Classificação 14 anos.

17 outra vez
(17 again, EUA, 2009)
Homem de meia idade volta a ter 17 anos e a estudar no mesmo colégio em que cursou o ensino médio. Diretor: Burr Steers. Gênero: Comédia. Duração: 112 minutos Elenco: Zac Efron, Matthew Perry e Leslie Mann.
Cine Premier Sobradinho 3 - 21:00(dublado) Cinemark 4 - 15:00 Drive-In - 20:00 21:50. Classificação 12 anos.

A Era do Gelo 3
(Ice age: dawn of the dinosaurs, EUA, 2009)
Numa missão para resgatar o azarado Sid, Manny e Diego se aventuram por um misterioso mundo subterrâneo com seres diferentes do da superfície. Diretor: Carlos Saldanha e Mike Thurmeier. Gênero: Animação. Duração: 94 minutos Elenco: Com vozes de Simon Pegg, Seann William Scott e John Leguizamo.
Arcoplex 3 - 14:10(dublado) 16:00(dublado) 17:50(dublado) 19:40(dublado) 21:30(dublado) Brasília 1 - 13:00(dublado) 15:00(dublado) 17:00(dublado) Cine Premier Sobradinho 3 - 13:30(dublado) 15:20(dublado) 17:10(dublado) 19:00(dublado) Cinemark 4 - Taguatinga - 12:10(dublado) 14:20(dublado) 16:40(dublado) 19:10(dublado) 21:30(dublado) Cinemark 6 - 11:35(dublado) 13:50(dublado) 16:05(dublado) Cinemark 8 - 11:45(dublado) Deck Norte II - 17:30(dublado) 19:30(dublado) 21:30(dublado) Embracine 3 - 14:30(dublado) 16:30(dublado) 18:30(dublado) 21:00 Liberty 4 - 3:40(dublado) 15:30(dublado) 17:20(dublado) Multicine Cinemas 2 - 15:00(dublado) 17:00(dublado) 19:00(dublado) Park 7 - 13:00(dublado) 15:10(dublado) 17:20(dublado) 19:30(dublado) 21:30(dublado) Park 9 - 14:00(dublado) Pátio 2 - 13:30(dublado) 16:50(dublado) 19:00(dublado) 21:10(dublado) Terraço 1 - 13:00(dublado) 15:00(dublado) 17:10(dublado) 19:20(dublado) 21:20(dublado) Terraço 5 - 14:50(dublado) Top Mall 1 - 14:00(dublado) 16:00(dublado) 18:00(dublado) 20:00(dublado). Classificação livre.

3D - A era do gelo 3
(Ice age: dawn of the dinosaurs, EUA, 2009)
Numa missão para resgatar o azarado Sid, Manny e Diego se aventuram por um misterioso mundo subterrâneo com seres diferentes do da superfície. Diretor: Carlos Saldanha e Mike Thurmeier. Gênero: Animação. Duração: 94 minutos Elenco: Com vozes de Simon Pegg, Seann William Scott e John Leguizamo.
Cinemark 12 - 12:55(dublado) 15:20(dublado) 17:35(dublado) 19:50(dublado) 22:10(dublado) Cinemark 3 - 11:55(dublado) 14:25(dublado) 16:40(dublado) 18:55(dublado) 21:25(dublado) 11:55(dublado) 14:25(dublado) 16:40(dublado) 18:55(dublado) 21:25(dublado) 23:40(dublado) Cinemark 3 - Taguatinga - 11:20(dublado) 13:40(dublado) 16:10(dublado) 18:40(dublado) 21:00(dublado) Park 4 - 13:20(dublado) 15:30(dublado) 17:40(dublado) 19:50(dublado) 22:00(dublado). Classificação livre.

A Mulher Invisível
(Brasil, 2009)
Recém-divorciado inicia relacionamento com mulher perfeita que ele mesmo inventou. Diretor: Cláudio Torres. Gênero: Comédia. Duração: 105 minutos. Elenco: Selton Mello, Luana Piovani e Vladimir Brichta.
Cine Premier Sobradinho 2 - 18:30 20:30 Cinemark 6 - 21:35 Cinemark 6 - Taguatinga - 15:00 Embracine 4 - 14:30 16:50 19:10 21:20 Embracine 6 - 14:30 16:50 19:10 21:20 Multicine Cinemas 2 - 21:00 Park 11 - 13:40 19:00.Classificação 14 anos.

A proposta
(The proposal, EUA, 2009)
Imigrante canadense precisa de casamento arranjado para impedir a deportação. Diretor: Anne Fletcher. Gênero: Drama. Duração: 109 minutos. Elenco: Sandra Bullock, Ryan Reynolds e Mary Steenburgen.
Cine Premier Sobradinho 2 - 18:30 20:30 Cinemark 6 - 21:35 Cinemark 6 - Taguatinga - 15:00 Embracine 4 - 14:30 16:50 19:10 21:20 Embracine 6 - 14:30 16:50 19:10 21:20 Multicine Cinemas 2 - 21:00 Park 11 - 13:40 19:00. Classificação 12 anos.

Cocoricó - As aventuras na cidade
(Brasil, 2009)
A turma da fazenda pássa uma temporada na cidade grande. Logo na chegada descobrem que a galinha Lilica também fez a viagem sem que ninguém soubesse. Diretor: Fernando Gomes. Gênero: Infantil. Duração 81 minutos. Elenco: Fernando Gomes, Carlota Joaquina, Eduardo Alvez.
Cinemark 12 - 11:15(dublado) Embracine 4 - 14:20 15:40. Classificação livre.

Desejo e Perigo
(Se, jie, EUA, China, Taiwan, Hong Kong, 2007)
Uma jovem chamada Wang é envolvida em um perigoso jogo durante a Segunda Guerra Mundial. Diretor: Ang Lee. Gênero: Romance. Duração: 157 minutos. Elenco: Tony Leung Chiu Wai, Wei Tang e Joan Chen.
Academia de Tênis 6 - 21:20. Classificação 18 anos.

Há quanto tempo que te amo
(Il y a longtemps que je t'aime, França, Alemanha)
Os 15 anos na prisão deixaram Juliette amargurada. Diretor: Philippe Claudel. Gênero: Drama. Duração: 115 minutos. Elenco: Kristin Scott Thomas, Elsa Zylberstein e Serge Hazanavicius.
Academia de Tênis 1 - 17:20 19:30 21:40. Classificação 14 anos.

Halloween - O início
(Halloween, EUA, 2007)
Assassino retorna à cidade natal depois de 17 anos numa instituição para doentes mentais. Refilmagem do clássico Halloween, dirigido por John Carpenter. Diretor: Rob Zombie. Gênero: Terror. Duração: 109 minutos. Elenco: Malcolm McDowell, Scout Taylor-Compton e Tyler Mane.
Cinemark 4 - 12:40 17:20 19:20 21:30 23:30 Cinemark 6 - Taguatinga - 17:20 19:20 21:40 Embracine 7 - 14:00 16:10 19:20 21:40 Park 9 - 16:00 18:00 20:00 22:00 Pátio 3 - 14:00 16:00 18:00 20:00 22:00. Classificação 18 anos.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe
(Harry Potter and the half-blood prince)
Após seis anos como aluno de Hogwarts, Harry encontra um livro contendo uma misteriosa mensagem. A aventura começa quando o bruxinho descobre que o achado pertenceu a seu arquiinimigo Lorde Voldemort. Diretor: David Yates. Gênero: Aventura. Duração: 140 min. Elenco: Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint.
Arcoplex 2 - 13:30(dublado) 16:20(dublado) 19:10(dublado) 22:00(dublado) Arcoplex 4 - 13:20 16:10 19:00 21:50 Brasília 2 - 14:00(dublado) 17:00(dublado) 20:00(dublado) Brasília 4 - 14:30 17:30 20:30 Cine Premier Sobradinho 1 - 14:50(dublado) 18:00(dublado) 21:10(dublado) Cinemark 1 - Taguatinga - 12:30 15:40 19:00 22:20 Cinemark 10 - 12:30(dublado) 15:40(dublado) 19:00(dublado) 22:20(dublado) Cinemark 13 - 11:00(dublado) 14:10(dublado) 17:30(dublado) 20:50(dublado) Cinemark 2 - 12:00 15:10 18:30 21:50 Cinemark 5 - Taguatinga - 11:00(dublado) 14:10(dublado) 17:30(dublado) 20:50(dublado) Cinemark 7 - 11:30 14:40 18:00 21:20 Cinemark 7 - Taguatinga - 12:00 15:10 18:30 21:50 Cinemark 8 - 17:05 20:15 23:25 Cinemark 9 - 17:05 20:15 23:25 Cinemark 9 Taguatinga - 11:30(dublado) 14:40(dublado) 18:00(dublado) 21:20(dublado) Deck Norte I - 15:50(dublado) 18:40(dublado) 21:30(dublado) Embracine 1 - 15:30 18:30 21:30 Embracine 8-14:30(dublado) 17:30(dublado) 20:30(dublado) Liberty 3 - 15:00 18:00 21:00 Multicine Cinemas 1 - 14:30(dublado) 17:30(dublado) 20:30(dublado) Park 3 - 14:40(dublado) 18:00(dublado) 21:00(dublado) Park 5 - 14:00(dublado) 17:00(dublado) 20:20(dublado) Park 6 - 14:20 17:30 20:40 Park 8 - 15:10 18:20 21:30 Pátio 1 - 14:20(dublado) 17:30(dublado) 20:40(dublado) Pátio 6 - 14:40 17:50 21:00 Terraço 2 - 14:20(dublado) 17:30(dublado) 20:40(dublado) Terraço 4 - 14:40 17:50 21:00.Classificação 10 anos.

Inimigos Públicos
(Public enemies, EUA, 2009)
Para prender os três criminosos mais famosos dos Estados Unidos, o governo cria a primeira agência federal americana, o FBI, em 1930. Diretor: Michael Mann. Gênero: Drama. Duração: 143 minutos. Elenco: Johnny Depp, Billy Crudup e Christian Bale.
Academia de Tênis 5 - 16:00 18:40 21:20 Arcoplex 1 - 13:40 16:20 19:00 21:40 Cinemark 1 - 12:45 15:50 18:45 21:40 Cinemark 5 - 11:25 14:30 17:45 20:45 23:45 Cinemark 8 - Taguatinga - 11:40 14:45 17:50 20:40 Deck Norte III - 16:00 18:40 21:20 Embracine 2 - 15:40 18:40 21:40 Liberty 2 - 13:40 16:20 19:00 21:40 Park 1 - 13:10 16:00 18:50 21:40 Pátio 5 - 13:00 15:40 18:30 21:20 Terraço 3 - 13:20 16:10 19:00 21:50. Classificação 14 anos.

Intrigas de estado
(State of play, EUA, Inglaterra, 2009)
Um grupo de jornalistas se unem a detetives de polícia para desvendar o assassinato da amante de um congressista. Adaptação cinematográfica da minissérie produzida pela rede BBC, de Londres. Diretor: Kevin Mc Donald. Gênero: Suspense. Duração: 127 min. Elenco: Russell Crowe, Ben Affleck e Helen Mirren.
Academia de Tênis 7 – 19:00. Classificação 14 anos.

Jean Charles
(Brasil, 2009)
A história real do brasileiro Jean Charles de Menezes, morto por agentes do serviço secreto britânico no metrô de Londres. Diretor: Henrique Goldman. Gênero: Ação Duração: 93 minutos. Elenco: Selton Mello, Vanessa Giácomo e Luís Miranda.
Academia de Tênis 7 - 17:00 21:30. Classificação 14 anos.

Minhas adoráveis ex-namoradas
(Ghosts of girlfriends past, EUA, 2009)
Solteirão convicto é assombrado pelos “fantasmas” das ex-namoradas às vésperas do casamento do irmão. Diretor: Mark Waters. Gênero: Comédia. Duração: 100 min Elenco: Matthew McConaughey, Jennifer Garner e Michael Douglas.
Deck Norte V - 19:40 21:40.Classificação 14 anos.

O guerreiro Gehghis Khan
(Mongol, Alemanha, Cazaquistão, Rússia, Mongólia, 2007)
Sinopse: Os primeiros anos de vida de Genghis Khan, de escravo a um dos maiores conquistarores de todos os tempos. Diretor: Sergei Bodrov. Gênero: Drama. Duração: 120 minutos. Elenco: Aliya, Tegen Ao, Tadanobu Asano e Ying Bai. Academia de Tênis 2 - 17:00 19:20 21:40
Embracine 6 - 17:00 19:20 21:40 Liberty 1 - 14:20 16:40 19:00 21:20. Classificação 18 anos.

Rumba
(Rumba, França, Bélgica, 2008)
Um acidente de carro transforma a vida de dois professores de escola rural apaixonados pela rumba. Diretor: Dominique Abel, Fiona Gordon e Bruno Romy. Gênero: Comédia Duração: 77 minutos. Elenco: Dominique Abel, Fiona Gordon e Philippe Martz.
Academia de Tênis 3 - 16:30 18:10. Classificação 12 anos.

Stella
(Stella, França, 2008, 103min)
Sinopse: Garota argentina exilada na França sofre com o preconceito por causa de sua origem e se abriga na amizade com outra garota. Diretor: Sylvie Verheyde. Gênero: Drama. Duração: 157 minutos. Elenco: Léora Barbara, Melissa Rodriguez e Laëtitia Guerard.
Academia de Tênis 3 - 19:40. Classificação 18 anos.

Tinha que ser você
(Last chance Harvey, EUA, 2008)
A aproximação do casamento da filha reacende o espírito romântico de um homem. Diretor: Joel Hopkins. Gênero: Romance. Duração: 93 minutos. Elenco: Dustin Hoffman, Emma Thompson e Eileen Atkins.
Academia de Tênis 9 - 17:40 19:40 21:40 Brasília 3 - 13:30 15:40 17:40 19:40 21:40 Deck Norte IV - 17:40 19:40 21:40 Park 2 - 13:30 15:40 17:50 20:00 22:10. Classificação 12 anos.

Transformers: a vingança dos derrotados (Transformers: revenge of the fallen, EUA, 2009).
O casal de protagonistas novamente está na mira dos robôs maus. Diretor: Michael Bay. Gênero: Ação. Duração: 147 minutos. Elenco: Shia LaBeouf, Megan Fox e John Turturro.
Cine Premier Sobradinho 2 - 16:00(dublado) Cinemark 6 - 18:20 Cinemark 6 - Taguatinga - 11:50(dublado) Embracine 7 - 15:10 18:10 21:00 Park 11 - 15:50(dublado) 21:10 Top Mall 2 - 14:30(dublado) 15:30(dublado) 20:30(dublado). Classificação 12 anos.


CINE ESPECIAL

Panorama do Cinema Francês
De 28/07 a 02/08, no Cine Academia (SCES, Tr. 4 -Asa Sul). A mostra reúne filmes assinados por jovens realizadores. Hoje, às 17h10 – Lady Jane, (França, 2008, cor, 104’) Direção: Robert Guédiguian. Com Ariane Ascaride, Jean-Pierre Darroussin, Gérard Meylan, Giuseppe Selimo. Na época em que os Rolling Stones cantavam “Lady Jane”, Muriel (Ariane Ascarde), François (Jean-Pierre Daroussin) e René (Gérard Meylan), amigos de infância, nascidos nas ruelas populares de Marselha, distribuíam peles roubadas a todas as operárias pobres do bairro, no melhor estilo Robin Hood. Classificação 16 anos; às 19h20 – Horas de verão, (L’heure d’eté, França, 2008, cor, 98’). Direção: Olivier Assayas. Com Juliette Binoche, Charles Berling, Jérémie Renier e Edith Scob. As distintas trajetórias de dois irmãos e uma irmã de quarenta e poucos anos se chocam quando sua mãe que preservava a obra de seu tio, o excepcional pintor do século XIX Paul Berthier morre repentinamente; às 21h30 – Mesrine - Inimigo Público – 1ª parte, (L'ennemi public n°1, França, 2008, cor, 133’). Direção: Jean-François Richet. Com Vincent Cassel, Ludivine Sagnier e Mathieu Amalric. Jacques Mesrine (Vincent Cassel), o último dos lendários gângsteres franceses, foi declarado inimigo público nº1 durante toda sua vida. Sua trajetória terminou espetacularmente, quando foi crivado de balas por policiais em uma emboscada no meio de Paris. Quase trinta anos depois de sua morte, ocorrida em 1979, o mito de Jacques Mesrine continua vivo, agora no cinema. Ingressos: R$12 e R$6. Informações: 3316-6807. Classificação 14 anos.

ROTEIRO - Lazer

59ª Expoagro de Formosa-Go
Fonte Tribuna do Brasil: De 30/07 a 09/08, no Parque de Exposições de Formosa-GO. Exposição de Animais, 19ª Etapa do Rodeio Profissional de 06 a 09 de Agosto, 1ª Coopermobily (Móveis e decorações), Boate Geospace (Camarote Vip).
Programação:
Hoje, às 22h, Márcio & Marcelo (entrada franca),
dia 31/07: Jorge & Matheus,
dia 01/08: Pedro Paulo & Mateus,
02/08: Guilherme & Santiago.
Ingressos: R$ 20. Passaporte: R$ 100. Pontos de Venda: Drink’s (Posto Itiquira), Rádio 92 FM, Posto Central, Relojoaria Omega, Banco do Brasil.
Informações: 3642-2215 / 9982-2679. Classificação livre.

Outras Opções de Lazer
Fonte - Correioweb:
Vida de Circo (Grupo Beto Carreiro)

Mostra de cinema: Baseado em Caso Real

Panorama do Cinema Francês

Bate-papo literário com Luiz Ruffato

A tela e o ecrã

Backyardigans II

Homenagem a Hélio Silva

12° Puroritmo – Festival da Cultura Consciente

ROTEIRO - Música e Shows

Roda de Samba
fonte - Jornal de Brasília: Todo sábado, às 17h. Marquinhos Benon (voz), Marcio Marinho (cavaquinho), Augustão (violão 7 cordas), Tonho (pandeiro), Paulão (percussão), Augustinho (percussão) e Rogerinho (surdo) apresentam releituras dos clássicos de Cartola, João Nogueira, Chico, Noel Rosa. Couvert Artístico: R$7,50. Evento não recomendado para menores de 16 anos. Onde: Tartaruga Lanches (714/15 NORTE)

Bazar Band
fonte - Jornal de Brasília: Apresentação de rock and roll com a banda Bazar Band. Todas as quintas-feiras, às 21h, no Butiquim Blues. Ingressos a R$ 5. Informações: 8527-1393. Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Butiquim Blues (Praça do DI Taguatinga)

Dorival para Sempre Caymmi
fonte - Jornal de Brasília: Apresentação com Turíbio Santos em homenagem ao cantor e compositor Dorival Caymmi. Quarta (29), quinta (30) e sexta-feira (31), à partir das 21h45, no Clube do Choro de Brasília. Ingressos a R$ 20. Informações: 3224-0599. Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Clube do Choro

Banda Sideral
fonte - Jornal de Brasília: O grupo toca o melhor do pop rock nacional e internacional. Quinta-feira (30), às 21h, no Stadt Bier. Couvert: R$ 15 (masculino) e R$ 10 (feminino). Informações: 3344-6777. Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Stadt Bier
Fonte - Correioweb: Sideral

Os Travessos
fonte - Jornal de Brasília: Show de pagode com muito gingado e alto astral. Abertura com as bandas Os Marotos, lançando novo CD e Parada Obrigatória. Discotecagem com os Djs Baby Face e Joãozinho Chapéu de Couro. Sábado (8 de agosto) , às 22h. Ingressos a R$ 15 pista, R$ 35, camarote (1° lote) e R$ 20 pista e R$ 45 camarote (2° lote). Vendas antecipadas na Academia Bio Fit e Scuderia Autowear (Taguatinga). Televendas: 9295-5480. Não recomendado para menors de 16 anos. Onde: Capital Park Eptg
Fonte - Correioweb: Os Travessos

Backyardigans
fonte - Jornal de Brasília: Espetáculo infantil. Fuga da Aldeia Mágica em turnê mundial do grupo de teatro de bonecos, Backyardigans. Ingressos promocionais e pacotes para escolas. Sábado (8 de agosto) e domingo(9 de agosto). Informações: 8130-1417 / 8130-1418. Classificação livre. Onde: Centro de Convenções

Forró Fim de Férias
fonte - Jornal de Brasília: O Grupo Os Sociais do Forró, de São Paulo, se apresenta pelo Forró Fim de Férias. Quinta-feira (30), às 21h, no Arena Futebol Clube. Ingressos a R$ 15 ou R$ 10, com nome na lista do site www.arenadoforro.com.br. Informações: 9982-0123. Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Arena Futebol Clube

Turíbio Santos
Fonte Correioweb: Turíbio Santos

Affinity Jazz Trio
Fonte Tribuna do Brasil: Hoje, às 20h30, no C’est si bon creperiê (SCLS 408 bl A lj 5 - Asa sul). Os músicos tocam músicas do grupo Modern Jazz Quartet. Couvert: R$8. Informações: 3244-6353. Classificação livre.
Fonte Correioweb: Affinity Jazz trio

Salve Jorge
Fonte Tribuna do Brasil: Hoje, às 21h, no Bar do Calaf (SBS Qd. 02 Ed. Empire Center Lj 51/57 - Asa Sul). Show com a banda pelo projeto Salve a Música Brasileira. Ingressos: R$15 (homem) e R$10 (mulher), até 23h; R$20 (homem) e R$15 (mulher). Informações: 3325-7408. Classificação 18 anos.
Fonte Correioweb: Salve Jorge

Os Sociais do Forró
Fonte Tribuna do Brasil: Hoje, às 21h, no Arena Futebol Clube (Setor de Clubes Sul trecho 3, lote 01em frente a AABB). Show de forró com o grupo paulista. Ingressos: R$10 com nome na lista no site. http://www.arenadoforro.com.br/ e R$15. Informações: 9982-0123. Classificação 18 anos.
Fonte Correioweb: Os sociais do forró

Felipe Zurk
Fonte Correioweb: Felipe Zurk

Mutatis Mutandis
Fonte Correioweb: Mutatis Mutandis

Tino Freitas
Fonte Correioweb: Tino Freitas

Let it Beatles
Fonte Correioweb: Let it Beatles

Arlindo Cruz
Fonte Correioweb: Arlindo Cruz

Rafael Lima e Bando Fuzo
Fonte Correioweb: Rafael Lima e Banda Fuzo

Zeca Baleiro
Fonte Tribuna do Brasil: Zeca BaleiroDia 01/08 (sábado), às 21h, no Centro Cultural Ulysses Guimarães- Auditório Master (SDC Setor de Divulgação Cultural, Eixo Monumental). O Menestrel Maranhense faz um supershow com seus maiores sucessos. Acompanhado de seu violão, de Tuco Marcondes (guitarras, violões e vocais), Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados e acordeom) e Kuki Stolarski (bateria e percussão). Ingressos: VIP A: R$ 50, VIP B: R$ 40, Superior Promocional: R$ 20, Pontos de Venda: CVC Pátio Brasil, Compre uma inteira e ganhe outro ingresso do mesmo setor (Clientes TIM, professores, idosos, estudantes, deficientes físicos, assinantes do Correio Braziliense e OAB DF). Informações: 3364-0000. Classificação 14 anos.
Fonte Correioweb: Zeca Baleiro

O Samba na Cozinha Virou Carnaval
Fonte Correioweb: O samba na cozinha virou carnaval

Henrique e Júlio César
Fonte Correioweb: Henrique e Julio Cesar

Todos os Sons
Fonte Correioweb: Todos os Sons

Roteiro - Exposições

Um Novo Cardume
fonte - Jornal de Brasília: De 04 de junho a 07 de agosto. Diariamente, das 9h às 21h. Com curadoria de Marcelo Suzuki, "Um Novo Cardume" traz para Brasília cerca de dez luminárias-esculturas de Lucas Isawa, artista que transita com fluência pelas diversas manifestações das artes visuais. As peças foram criadas a partir da tradição Koinobori, costume japonês que comemora o Dia dos Meninos hasteando birutas em forma de carpas coloridas. Entrada gratuita. Informações: 3206-9448. Evento livre para todas as idades. Onde: Foyer da Caixa Cultural Brasília
fonte - Correioweb: Um Novo Cardume - luminárias-esculturas de Lucas Isawa

Pontos de Encontro
fonte - Jornal de Brasília: De 09 de junho a 02 de agosto. De terça a domingo, das 9h às 19h. O desenho não é apenas o ponto de encontro entre o trabalho de Carolina Ponte e Pedro Varela, mas é acima de tudo, um eixo central que possibilita diferentes expansões com outros meios, através da hibridização de técnicas como escultura, fotografia, colagem, instalação e pintura. A proposta dos artistas é apresentar ao público seus trabalhos em desenho no sentido mais tradicional quanto às obras resultantes das combinações destes variados processos. Entrada gratuita. Evento livre para todas as idades. Onde: Espaço Cultural Contemporâneo - Ecco
Fonte - Correioweb: Pontos de encontro

Um Lugar a partir Daqui
fonte - Jornal de Brasília: De 09 de junho a 02 de agosto. De terça a domingo, das 9h às 19h. Com curadoria de Paulo Reis, a mostra apresenta trabalhos de 15 artistas, com variadas técnicas como: pintura, fotografia, instalação e multimídia. As obras constroem-se com injunções poéticas e relações diversas com o espaço. No âmbito da cidade e de relações com arquitetura, traz à tona a percepção fenomenológica do espectador e seu sentido crítico em relação aos ambientes de circulação e vivência urbanas. Entrada gratuita. Evento livre para todas as idades. Onde: Espaço Cultural Contemporâneo - Ecco

Abelardo da Hora
fonte - Jornal de Brasília: De 30 de junho a 23 de agosto, de terça-feira a domingo, das 9h às 21h. O acervo de 130 obras do artista plástico pernambucano Abelardo da Hora faz uma retrospectiva dos 60 anos de sua primeira exposição. O precursor da arte cinética também expõe um dos seus mais recentes trabalhos: o original do monumento Os Retirantes, no qual retrata a família do presidente Lula. Entrada gratuita. Evento livre para todos os públicos. Onde: Salão de Vidro e jardins do CCBB (SCES, Trecho 02, lote 22)

30 Anos de Fotografia
fonte - Jornal de Brasília: De 15 de julho a 16 de agosto, diariamente, das 9h às 21h. A mostra reúne 40 fotos do acervo pessoal da curadora e pesquisadora Rosely Nakagawa. Imagens de renomados fotógrafos brasileiros como Mario Cravo Neto, Thomaz Farkas, Cristiano Mascaro, Carlos Moreira, Luiz Braga, Lucia Guanaes fazem parte da exposição. Entrada gratuita. Evento livre para todos os públicos. Onde: Caixa Cultural Brasília - Galeria Vitrine
fonte - Correioweb: 30 anos de fotografia

Algo em Comum
fonte - Jornal de Brasília: Até 14 de agosto. Visitação das 8h às 20h. Exposição de mais de 20 esculturas em variadas técnicas dos artistas Ennio Bernardo, Huet Azevedo e Lourenço de Bem. Informações: 3245-1070. Entrada franca. Classificação livre. Onde: Galeria de Arte do Templo da Boa Vontade (SGAS 915)
fonte - Correioweb: Algo em comum

Pé-de-moleque Pede Palavra
fonte - Jornal de Brasília: A trupe Os Tapetes Contadores de Histórias promove exposição interativa com espetáculos, oficinas e rodas de histórias. A mostra Pé-de-moleque Pede Palavra reúne 18 cenários que servem de apoio à narração de contos populares de origens diversas (Brasil, África, América Latina e Europa) e de autores como Ana Maria Machado, Carlos Drummond de Andrade e Ricardo Azevedo. Há também sessões de histórias, oficinas e rodas de histórias, abertas à participação do público, que poderá narrar seus próprios contos. De 17 de julho a 16 de agosto, diariamente das 9h às 21h (exceto nos horários das apresentações e das oficinas), no Edifício Matriz da Caixa. Informações: www.caixa.gov.br/caixacultural. Para a exposição, entrada gratuita e classificação livre. Confira os horários e a classificação indicativa de cada apresentação. Onde: Átrio dos Vitrais (SBS Qd 4 lote 3/4, Edifício Matriz da Caixa, anexo à Caixa Cultural)
Fonte - Correioweb: Pé-de-moleque pede palavra

Metabrasília
fonte - Jornal de Brasília: Projeto fotográfico autoral de Leonardo Wen que vem sendo desenvolvido desde 2003. São interpretações fotográficas da paisagem urbana de Brasília que busca superar os clichês políticos e arquitetônicos da cidade. Até 1º de agosto, no Instituto Cervantes de Brasília. Visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h. Aos sábados, das 8h às 14h. Entrada franca. Classificação livre. Onde: Instituto Cervantes de Brasília (707/907 Sul)
Fonte - Correioweb: Metabrasília


Latinidades
fonte - Jornal de Brasília: Exposição dos fotógrafos Jorge Codas, Camillo del Cerro e Patricia Gil, dentro do evento Semanas Latinas 2009, realizado pela Casa da Cultura da América Latina da UnB (CAL), Embaixada da Argentina e Embaixada do Paraguai. Até 2 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 7h às 23h45; aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h45, na Sala de Exposições da Biblioteca Central da UnB. Classificação livre. Onde: Sala de Exposições da Biblioteca Central da UnB.
Fonte - Correioweb: Latinidades

Impressões
fonte - Jornal de Brasília: A exposição Impressões – A gravura no acervo do MAB apresenta parte significativa da história da gravura brasileira. Pode ser encontrada na mostra a coleção do Museu de Arte de Brasília, que possui representativo e diversificado painel de estilos e técnicas da arte sobre papel. Até 2 de agosto, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h30, no Museu Nacional da República. Entrada franca. Informações: 3325-6410. Classificação livre. Onde: Museu Nacional da República (Esplanada dos Ministérios).

Homens-pássaros
fonte - Jornal de Brasília: Exposição fotográfica do artista francês River Dillon, que nos últimos cinco anos viaja o mundo mostrando o resultado da mistura entre pássaros e homens com adornos indígenas feitos com plumas. Até 3 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Aos sábados e domingos, das 10h às 18h, no Memorial dos Povos Indígenas. Entrada franca. Informações: 3344-1155. Classificação livre. Onde: Memorial dos Povos Indígenas (Eixo Monumental, em frente ao Memorial JK)

Algo em Comum
fonte - Jornal de Brasília: Exposição de mais de 20 esculturas em variadas técnicas dos artistas Ennio Bernardo, Huet Azevedo e Lourenço de Bem. Até 14 de agosto, das 8h às 20h, na Galeria de Arte do Templo da Boa Vontade. Informações: 3245-1070. Entrada franca. Classificação livre. Onde: Galeria de Arte do Templo da Boa Vontade (SGAS 915)

Fabulosas Cores Naturais
fonte - Jornal de Brasília: Exposição de têxteis com coes naturais de Fabíola Abreu. São os resultados até de anos de procura e descoberta, superando-se alguns questionamentos sobre o uso de corantes naturais. Até 16 de agosto, diariamente, de 9h às 21h, no Espaço Cultural Renato Russo. Entrada franca. Informações: 3443-1559. Classificação livre. Onde: Espaço Cultural Renato Russo

Conexão Budapeste Brasília – entre a Tradição e a Modernidade e Momentos em Movimento
fonte - Jornal de Brasília: O fotógrafo e bailarino húngaro Tamás Hári expõe suas fotografias nas mostras Conexão Budapeste-Brasília– entre a Tradição e a Modernidade (30 imagens ressaltam aspectos da cultura, arquitetura, paisagem, história e do cotidiano de ambas as cidades tombadas pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade) e Momentos em Movimento (com imagens que têm a dança como tema central). De 27 de julho a 15 de agosto, no Mezanino da Sala Villa Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro. Entrada gratuita. Classificação livre. Onde: Mezanino da Sala Villa Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro
Fonte - Correioweb: Conexão Budapeste-Brasília – entre a Tradição e a Modernidade

A linha e o Sujeito
Fonte - Correioweb: A Linha e o Sujeito: um diálogo com o Acervo CAIXA

Sérgio Telles: A Pintura da Coerência
Fonte - Correioweb: Sergio Telles: A Pintura da Coerência

Foyer: Um Novo Cardume
Fonte - Correioweb: Foyer: um novo cardume

Poesias com Fitas de Cetim - Congado Mineiro
Fonte - Correioweb: Poesias com fitas de cetim - Congado mineiro

Amor e Solidariedade
Fonte - Correioweb: Amor e Solidariedade

Justaposição Polar
Fonte - Correioweb: Justaposição polar

Latinidades
Fonte - Correioweb: Latinidades

Saint-Étinne, Cidade do Design
Fonte - Correioweb: Saint-Étinne, Cidade do Design

Segunda Natureza
Fonte - Correioweb: Segunda Natureza

Fractal Flowes
Fonte - Correioweb: Fractal Flowers

Fabulosa Corantes Naturais
Fonte - Correioweb: Fabulosa Corantes Naturais

Momentos em Movimento
Fonte - Correioweb: Momentos em Movimento

Emoção e Cor
Fonte - Correioweb: Emoção e Cor

Jardim da Alvorada
Fonte - Correioweb: Jardins da Alvorada

A Vida Silvestre no Cerrado
Fonte - Correioweb: A vida silvestre no cerrado

Eternamente Dulcina - Uma Vida Dedicada ao Teatro
Fonte - Correioweb: Eternamente Dulcina – Uma vida dedicada ao teatro

Coletivo Potiguar: Fotografia Contemporânea - Imagens da esquina do Brasil
Fonte - Correioweb: Coletivo Potiguar: Fotografia Contemporânea – Imagens da esquina do Brasil

ROTEIRO - Festas

Dancin' Gate's
Fonte - Jornal de Brasília: Discotecagem com o DJ Marcelo Luiz (rock, pop, MPB, black music e eletrônica). Todos os domingos e terças-feiras, às 22h, no Gate´s Pub. Até as 23h, ingressos a R$ 15 (masculino) e R$ 10 (feminino). Após as 23h, ingressos a R$ 20 (masculino) e R$ 15 (feminino). Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Gate's Pub


Projeto Quintas com U2
Fonte - Jornal de Brasília: Show com a banda U2 Elevation e convidados. Discotecagem com DJ Cláudio Lopes. Todas as quintas-feiras, às 22h, no O´Rilley Irish Pub. Ingressos a R$ 15 (masculino) e R$ 10 (feminino). Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: O'Rilley Irish Pub

Criolina
Fonte - Jornal de Brasília: Festa de black music com os DJs Pezão, Barata e convidados diversos. Todas as segundas-feiras, às 22h, no Bar do Calaf. Ingressos a R$ 12 (masculino) e R$ 7 (feminino). Não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Bar do Calaf

Brasília Pancadão Clube
Fonte - Tribuna do Brasil (DF): Dia 31/07 (sexta), às 22h, no Arena Futebol Clube ( SCES trecho 2 lotes 24). A festa Brasília Pancadão Clube cruza as fronteiras das definições musicais e aponta sua artilharia sonora para a celebração dos sons graves de todos os estilos. Nessa primeira edição, o Confronto recebe como convidados, e legítimos representantes das baixas frequências a serviço dos movimentos rebolativos. Discotecagem dos Dj´s Sany PitBull, Nego Moçambique e Confronto Sound System. Ingressos: R$ 15. Classificação 18 anos.

Formação de Quadrilha - 3 º Edição
Fonte - Tribuna do Brasil (DF): Dia 01/08, às 22h, na Sociedade Eunice Weaver (909 norte -Asa Norte). Duas pistas, 10 dj´s, barraca do beijo, comidinhas, brincadeiras, correio elegante e touro mecânico. Animação por conta dos Dj´s [andie] e Mya, Bruno Engel, Hiroshima e Nagasaki, Otávio Chamorro, Lirou, Montana, Telma e Selma, Kit Kat e Raven Roxx. Os 100 primeiros pagam $10 e ganham um welcome drink. Ingressos: R$15 com nome na lista ou flyer (válido até 2h) e R$20 depois de 2h ou sem nome na lista ou flyer. Envie seu nome para a lista pelo site: www.vodkablush.com/agenda Classificação 18 anos.

Microfonia. Batalha de Mc’s com Mc Marechal
Fonte - Tribuna do Brasil (DF): Dia 01/08 (sábado), às 22h, no Estacionamento 10 do Parque da Cidade. Discotecagem dos Dj´s A, Batma, Jamaika e Mc Marechal (RJ). Ingressos: R$10 até 1h, R$15 após. Informações: 8173-0523/ 8102-1298. Classificação 18 anos.
Fonte - Correioweb: Microfonia

Qunta Independente
Fonte - Correioweb: Quinta independente - Exótica

Oca Festa
Fonte - Correioweb: Oca Fest

Bellas Donnas
Fonte - Correioweb: Bellas Donnas!

Baladinha
Fonte - Correioweb: Baladinha

Funk in House
Fonte - Correioweb: Funk in House

Di versões
Fonte - Correioweb: Di versões

Dancin' Gate's
Fonte - Correioweb: Dancin' Gate's

The Pool Party
Fonte - Correioweb: The Pool Party

Cult 22 - A Festa
Fonte - Correioweb: Cult 22 - A Festa

Festa Trio 2009
Fonte - Correioweb: Festa Trio 2009

Roteiro - Teatro em Cartaz

Deus e o Diabo no Bar da Esquina
Fonte - Jornal de Brasília: De 04 de junho a 02 de agosto. De quinta a sábado, às 21h e domingo, às 20h. O assassinato de um dos sócios de uma bem sucedida empresa, planejado por seu parceiro, é o ponto de partida de um intrigante encontro entre Deus e o Diabo, os únicos cientes de que o crime acontecerá no bar da esquina. Deus incorpora a vítima, Constantino, e o Diabo incorpora o algoz, Valdemar. A partir daí, inicia-se o embate entre Eles, sobre a possibilidade de se evitar ou não o assassinato. Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Informações: 3443-0606. Evento não recomendado para menores de 16 anos. Onde: Teatro Goldoni
Fonte - CorreioWeb: Deus e o diabo no bar da esquina

Vida de Circo
Fonte - Jornal de Brasília: De 26 de junho a 16 de agosto. De terça a sexta, às 20h30 e sábados, domingo e feriados, às 16h, 18h30 e 21h. O Grupo Beto Carrero apresenta seu mais recente espetáculo, "Vida de Circo", em que os espectadores são levados a viajar ao lúdico mundo circense, onde tudo é possível, e pela primeira vez apresentando o que se passa nos bastidores do espetáculo, minutos antes do início do show. Ingressos a R$ 150 (camarote, para quatro pessoas), R$ 30 (inteira, central) e R$ 20 (inteira, lateral). Evento livre para todas as idades. Onde: Estacionamento do Estádio Mane Garrincha

Com que roupa?
Fonte - Jornal de Brasília: Aos sábados de julho, agosto e setembro, às 21h. Grupo dos homens dialogam com o público sobre a condição masculina por meio de jogos cênicos e textos pessoais e improvisados. Filosofia, história, psicologia são fontes para a construção da temática e do conteúdo das discussões no grupo e deste com o público. Ingressos a R$ 10. Evento não recomendado para menores de 18 anos. Onde: Cafetina Bar Cultural (SCRN 712 bloco G loja 27)
Fonte - Correioweb: Com que roupa?

Simplesmente eu. Clarice Lispector
Fonte - Jornal de Brasília: De 10 de julho a 2 de agosto. Na primeira semana, de 10 a 12 de julho, sexta-feira e sábado, às 21h; domingo, às 20h. De 16 de julho a 2 de agosto, de quinta-feira a sábado, às 21h; domingo, às 20h. A atriz Beth Goulart apresenta o espetáculo Simplesmente eu. Clarice Lispector. Ingressos a R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia). Evento não recomendado para menores de 12 anos. Onde: Centro Cultural Banco do Brasil
Fonte - CorreioWeb: Simplesmente Eu. Clarice Lispector

Os Saltimbancos
Fonte - Jornal de Brasília: O espetáculo conta a história de quatro animais que são abandonados pelos seus donos. O jumento, o cachorro, a galinha e a gata,seguem, então, numa saga em busca da cidade ideal onde não são proibidos de sonhar e ser felizes. De 11 de julho a 02 de agosto, sábados e domingos, às 17h, no Espaço Cultural Mapati. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Classificação livre. Onde: Espaço Cultural Mapati (SHCGN, 707 Bloco K, Nº 05)

De Paetês
Fonte - Correioweb: De Paetês

Educação Sentimento do Vampiro
Fonte - Correioweb: Educação Sentimental do Vampiro

Poupurri - Cláudio Falcão 2
Fonte - Correioweb: Poupurri - Cláudio Falcão 2

Qual o Seu Pedido?
Fonte - Correioweb: Qual o Seu Pedido?

SESI Bonecos
Fonte - Correioweb: SESI Bonecos

Tormentas da Paixão
Fonte - Correioweb: Tormentas da Paixão

Exposição dá a volta ao mundo ao mostrar jogos milenares

Jornal de Brasília
29/07/2009
Elisa Pontes/divulgação/SESC DF
Durante aproximadamente 18 dias, o público do Distrito Federal poderá fazer uma viagem pelos continentes do mundo por meio de jogos milenares. A exposição A Volta ao Mundo em 80 jogos, realizada pelo SESC-DF, em parceria com o Senado Cultural, será montada no Salão Negro do Senado Federal e estará aberta a visitações de domingo a domingo, das 9h às 17h, no períoido de 14 a 31 de julho. A entrada é gratuita.

A exposição apresenta jogos de tabuleiro dos cinco continentes, entre os conhecidos do público e os raros, que trarão suas origens e curiosidades. As atrações remontam e resgatam a história de jogos tradicionais, de culturas milenares. O objetivo é trazer à memória e levar ao conhecimento dos participantes essas atividades de forma lúdica, pedagógica e interativa.

Um dos jogos presente na exposição O Jogo da Onça é originário do continente Americano e era utilizado por índios que povoavam o território nacional, antes mesmo da chegada dos portugueses. Além da mostra, serão ministradas oficinas. Durante as aulas, os participantes poderão confeccionar jogos e aprender um pouco mais sobre a história de cada um deles.